Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Eu sem ti

Não me adiantaria o ar
Sem poder te respirar
Nem da água para beber
Pois tenho sede é de você

Para que então o olhar
Se não iria te enxergar?
E os meus inúteis braços
Não teriam teus abraços

De que a boca serviria
Se ela não te beijaria?
E para que um coração
Se, para ti, é a pulsação?

Sem você, oh minha amada
Eu não quero ter mais nada
Para que ter tudo isto
Se, sem ti, eu não existo?