Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Irradiando você

Meu corpo está quente
Estou delirando
Na tua presença
Na minha ausência
Em teu existir
Estou viajando...

Confusões em mente
Eu te respirando
Em minha doença
Minha paciência
Quero persistir
Mas vou me entregando...

Aquecido, finalmente
Meu ser esquentando
Eis minha sentença:
Em minha aparência
Com o teu sentir
Vou te irradiando...

Domínio de mim

Parece que você
Olha assim tão diferente,
Sem ao menos perceber
Sombras minhas no poente,
Um sorriso ao te ver,
Íris brilham de contente.
Dominado por teu ser,
O meu eu te faz presente

Lágrimas de desejo

No meu rosto escorre
Uma gota de desejo
Por querer tanto teu beijo
E não poder te provar

O teu gosto dorme
No fundo do meu bocejo
Cada vez que aqui te vejo
E fico a te admirar

O meu pulso corre
Como raios num lampejo
Demonstrando meu fraquejo
Por teu belo provocar

O meu tempo morre
E deságuo em teu cortejo
Mesmo em lágrimas, velejo
Re-sonhando te encontrar

Maldito olhar

Teu olhar me conquista
Teu olhar me incita
Ao teu ser desejar

Teu olhar me excita
Teu olhar me levita
Faz querer me te amar

Teu olhar me agita
Teu olhar me evita
Me deixando no ar

Meu olhar te visita
Meu olhar te orbita
Fico a te admirar

Meu olhar te - sim - fita
Meu olhar te - sim - grita
Eu me pego a sonhar

Meu olhar te recita
Meu olhar te invita
Minha história a grafar

Meu olhar, minha escrita
Faz-te achar mais bonita
Teu olhar faz maldita
Faz-me assim parasita
Mata-me e ressuscita
Pra me assim escravizar